quarta-feira, 29 de julho de 2009

Um encontro em família marcado por Deus.


Nada combinado, nada programado, mas muito bem executado. Um encontro perfeito. Só podia mesmo ser obra de Deus. Foi assim a reunião dos Siqueira e Almeida Lima em Macapá no dia 13 de julho de 2009. Uma festa marcada pela emoção de reencontros e discursos carinhosos de integrantes dessa família linda, que se mantém unida mesmo a distância e que apesar de todas as diferenças se quer muito bem.

Quem esteve presente sentiu que todos compartilhavam o espírito de união e vontade de viver bem um com o outro. Foi maravilhoso. Harmonia do começo ao fim e muitas lembranças bonitas para guardar. Netos, bisnetos e tataranetos rodeando a nossa bela Esmeralda, a pedra fundamental e mais que preciosa da família. Tão pequenina e delicada, acompanhava o movimento com o olhar terno e cativante de sempre. Seu José fez questão de participar e assistiu muito emocionado à reunião dos parentes e amigos.

Tios e sobrinhos falando, declamando, cantando e pregando sob os temas: a união da família, a arte de conviver com as diferenças, desafios e vitórias da vida e o amor ao próximo.

Foi muito bom! Estou certa de que esse contato despertou o desejo de fortalecer o ELO familiar. E significou nada menos que o marco de um novo momento em nossas vidas. Como a profecia feita naquela oportunidade, esse acontecimento foi o sinal da bênção da aliança presente nas próximas gerações.

E que assim seja!

8 comentários:

Antonio Juraci Siqueira disse...

Tão diferntes e tão iguais como os dedos da mão que precisam se unir para produzir coisas belas.Ou como os elos de uma corrente que separados nada significam, nada podem.Seja, pois, este Blog o elo a nos unir a outros elos como o amor, o respeito e a fraternidade.Afinal, "pagamos o micro" também para isto: diminuir a distância entre as pessoas e tornar mais leve e colorido o fardo dos dias.
Que assim seja.

Antonio Juraci Siqueira disse...

Da minha parte, concordo com o nome do Blog. Lembrei, também, das palavras de Cristo: "Vós sois o SAL da terra.Se o SAL perder o sabor, com que se haverá de salgar?" Vale lembrar, também,que o sal serviu de moeda entre os romanos, vindo daí o termo SALário. Tudo a ver.

Jacilene disse...

Oi, Tio Jura!
Você sempre chegando e colocando uma pitadinha de graça por onde passa. Traz na ponta da língua palavras que funcionam como um tempero. Sabe brincar com expressões que deixam qualquer evento de um jeito tão especial que dá gosto participar. Você é sal!

flora disse...

Eu precisarei de tempo para fazer minhas observações sobre o encontro de nosso família, mas adianto a alegria, o carinho e a atenção de todos naquela data...Amo vocês!

larikajanaina disse...

Ai, eu sinto é muuuuita saudade...

Agora..."ROVANA" disse...

Nem sei ao certo se esse encontro foi para matar a saudade ou pra nos deixar morrendo de saudades...Ainda assim, tinha que acontecer.Bjs à todos da minha família que amo!!!

Jacilene disse...

Prima, esse encontro foi mesmo para dar mais saudade de outros encontros assim! Vamos organizar o próximo! Tá mais que na hora, né?! Lá vem Natal, Ano Novo...
Agora que temos este canal de comunicação, combinar e realizar ficou bem mais fácil!

Francinei disse...

Não acredito que perdi esta festa!!!

Espero que possamos sempre nos encontrar, pois afinal familia é isso, apesar de que eu estou bastante ausente, mas saibam que sinto muito alegria por este grande encontro (de muitos outros que virão!!) ter ocorrido e espero sinceramente participar dos próximos!!

Muitos beijos a todos!!...

Postar um comentário

Baú de Lembranças

Fotos enviadas por Marcia Rovana, Janira e Junior Siqueira.