quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Vó, olha que foto linda! É para matar a saudade.

Filhos e netos reunidos. Só faltou o Jaci.
Espera ai...
Netos nesta foto?
A senhora bem que estava enxutíssima, hein vó..rs

*Foto enviada pela tia Janira.

7 comentários:

Jacilene disse...

Que foto linda!
Amei receber esse presente da tia Janira, mas o presente foi pra você, vovó. O mérito da descoberta é todo dela.
Olha a cara da tia Elida. Não mudou nada.
O tio Jorge e a tia Helena do mesmo jeito.
E eu:
Aaaaaaaaaah até que eu era bonitinha quando era criança...rs

flora disse...

Nossa, esse blog vai me matar de emoção. Olha essa foto!!!! Que maravilha! O Jaci só podia ser o fotógrafo, nè? O papai, vigiando algum prédio....Mãezinha, eu te amo! Eu, pelo visto, era a Janira no futuro, sempre belas!

Jacilene disse...

Oi, tia "Flora" Helena de Almeida Lima:)rs

É... papai deve ter sido o fotógrafo.
Fotógrafo dos bons!

Sobre emoções... aaah hoje eu chorei demais olhando fotos que recebi enviadas pela prima Marcia Rovana para compartilhar com vocês no nosso blog.

Aguarde fortes emoções em breve por aqui...

Bjão!

flora disse...

Olha os pernões da Joca! Repassou para nós no DNA(menos a mim, é claro...tenho cambitos). A Élida deve ter visto a Jacira fazendo pose em outros retratos e imitou-a. Eu imitando a Janira com os cabelospra frente. O Juraci, antes ou depois do quartel? A Socorro já ensaiando pose de miss, ms o fotógrafo não perdoou e olha no que deu! Jurandir, sinceramente! Era um gato! Um gato tímido. A Jacira devia ter acabado de chegar da Fábrica Amapaense. Nesse dia ela fez "sequilos". Uma delícia!Receita que ela tirava de livroões que colecionava (as ilustrações eram tão lindas que dava vontade de comer o livro inteiro). As roups, principalmente das mulheres, eram costuradas pela Janira. Quanto às netinhas, entraram na moda de "bater retrato" de mãos dadas. Um barato! O Jorge naquela época só me chamava de "Cutaca". Eu revidava com tanta raiva um "Dentinhooooo"!!! Ai, meu Deus, que bom lembrar essas coisas.

Jacilene disse...

hahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha

Ainda peguei a briga do apelido de "CUTACA"! Mas havia outro muito engraçado que ecoava na hora da zombaria... acho que era INAMBU. Só não lembro se era da tia Élida ou Elza. Era um tal de Cutaca pra cá, inambu pra lá...hahahahahahahahahahahaha

Muito engraçado lembrar!
Livro de receitas com fotos recortadas era típico da época. Dá uma saudade...

A Fábrica Amapaense é mais ou menos do tempo do Supermercado Brunswick, né?
E as festas da UBMA?
hahahahahahahahahahahahaha
Quantas lembranças....

flora disse...

Hahahahahahahahah Vamos organizar os apelidos:
Helena:Cutaca, Pinta calçuda
Élida: inambu, Moacira, Bill (de tão bondosa,levava mais apelidos, tadinha!)
Jorge: Sebinho (com esse diminutivo, alguém tinha que ser Sebo - Jaci ou Jurandir), também chamavam pra ele o nome de um jogador da Seleção Brasileira de Futebol, nome que ele pronunciava errado..lembrei: "Bilinho", o jogador era o Bellini.
Jaci: um dia ouvi que era Mamão. O Juraci pode confirmar os apelidos dos homens.
Elza: caipira

Ai, ai...que bom lembrar
O Juraci também era o 104, número que recebeu no quartel. Soldado 104, é isso mesmo Jura?
Beijos, gente!

andrea disse...

Nossa, não sou da família... mas passando para pesquizar informaçõe sobre o passado das minha família (que também é Siqueira) pude ver como deve ter sido lindo o passado de vcs.
Que o futuro seja tão maravilhoso assim.
Bjs a todos.
Andrea.

Postar um comentário

Baú de Lembranças

Fotos enviadas por Marcia Rovana, Janira e Junior Siqueira.